Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Por que filosofia secular em sociedade cristã?

Imagem
Por que filosofia secular em sociedade cristã? Pelo simples motivo de nem todos os homens serem cristãos. Com o fim do modelo medieval, ocorreu de que a separação do Estado e da Igreja resultou nessa secularização, começando pelas escolas e onde a liberdade foi centro e a tolerância com outros cultos. Disse Ambrósio Peters: “ A Filosofia como ciência não pode, em sentido amplo, partir de pressupostos aleatórios que não possam ser demonstrados logicamente, ou de fatos não passíveis de serem submetidos a experiências repetitivas ou a experimentação científica padronizada ”. A filosofia cristã teve seu momento, e há uma gama de variantes na história filosófica. A liberdade de pensamento mesmo exige que se parta da dúvida, e de fundamentos mais racionais, não tão focados unicamente na fé. A filosofia pura é a filosofia geral, e se desenvolve em plena liberdade cultural e de consciência, não da vontade de sacerdotes. A oposição entre sacerdotes e filósofos é de longa data, sendo

Tradição filosófica contemporânea

Imagem
TRADIÇÃO FILOSÓFICA CONTEMPORÂNEA O materialismo metodológico acaba sendo um superficialismo metodológico, uma calculadora primitiva. Se analisarmos filósofos atuais, como Foucault, Deleuze, Sartre, Camus, Michel Onfray, Alan de Botton, Lucio Packter, e tantos outros, podemos ver bem claro um materialismo metodológico e um afastamento grande da metafísica, bem como quase sempre o ateísmo. Vemos um tempo de desencanto e caótico também na filosofia. O erro é de se pegar um autor apenas e esquecer a tradição filosófica, anulando essa última em nome de alguma revolta que não é racional, mas apenas psicológica e refletindo os próprios conflitos do estudante de filosofia. Por exemplo: entre gregos, o berço da filosofia ocidental, a metafísica ganhou grande importância. Vemos também em Hegel uma grande referência de idealismo moderno. Contudo influências como de Nietzsche, Camus, Bakunin, Marx, Proudhon e tantos outros matou em grande parte a dimensão espiritual, redimension

Problemas de relacionamento no trabalho

Imagem
Problemas de relacionamento no trabalho O que mais dificulta o relacionamento no trabalho é a fofoca, segundo trabalho acadêmico feito por Priscila Hacke. As pessoas fofocam para esconder seus próprios defeitos, erros e comportamentos não apropriados. As relações interpessoais requerem uma série de virtudes, em especial certa resiliência. As pessoas precisam aprender a se relacionar, uma vez que isso se torna tarefa imprescindível a vida em sociedade e no trabalho. Respeitar particularidades, pois cada pessoa tem sua personalidade e individualidade. No trabalho isso se amplia pela exigência de certas competências, que podem revelar a inveja alheia, haja vista a não posse das mesma qualidades. Nesse tema é de muita utilidade a psicologia organizacional, pois estuda o comportamento das pessoas, relações consigo mesmas e com outros, bem como suas emoções e personalidades. O primeiro passo é o autoconhecimento e saber colocar-se no lugar do outro. Sem isso, os conflitos