Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Do poder educativo da crise pessoal

Imagem
Do poder educativo da crise pessoal   Se o homem pudesse, ele viveria em constante satisfação e alegria, porém não é isso que ocorre. Nem pode ocorrer, pois aprende mais com a crise e a insatisfação. Isso o educa para ser mais forte. Como há um aspecto mais importante do que o prazer corporal, ou melhor, apenas para si próprio, não haveria sentido para a convivência social. A crise pessoal surge porque há algo errado. Assim, ocorre que há uma pré-disposição a conduta antissocial, o que pode agravar ainda mais o quadro da pessoa com uma crise. Uma vez que há já uma barreira em si mesma, há uma também em relação à sociedade. Havendo então uma guerra é insano entregar-se ao inimigo. O erro de alguns está na sua falsa bondade, naquela bondade que não é da natureza do ser que a manifesta. É o resultado de uma cultura, de certa coletividade, ou seja, de um rebanho. Seria bom nos tornasse melhores, porém na maior parte dos casos não ocorre. Entretanto, o melhor é ir de encontro