Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

Outubro rosa e outros temas

Imagem
    Conquistas femininas Vejo cada vez com mais alegria o número de conquistas femininas em nossa sociedade. Talvez começando por direito a voto, e mesmo pela igualdade em uma série de tratamentos, mesmo a herança. Havia um tempo que pasme, as mulheres não recebiam muita herança, tendo lembranças como relógios ou partes menores do que deveriam por direito. E se controlavam o corpo delas, o tamanho das saias, a cor do cabelo, a cor do esmalte. Muito disso fica apenas para a história e museus, mas há quem defenda ainda os costumes rígidos e absurdidades. E mais, tem gente que escreve isso em jornais, indo contra as conquistas e avanços tecnológicos, talvez acertando em algo, mas em muito errando. As conquistas femininas e mesmo feministas são de grande valor. Elas provam a nossa democracia e uma realidade cada vez mais colaborativa e menos concentrada no poder. Seria também a vantagem de um parlamentarismo, no lugar de presidencialismo. Mas os invejosos sempre falarã

DIVERSIDADES

Imagem
Diversidade religiosa Vivemos em um tempo de pluralidade. Não vivem bem os intolerantes, e menos ainda aqueles que têm cabeça fechada. Mesmo os ateus não se enquadram tão bem em nossa sociedade latinoamerica, bem diversa daquela europeia que tanto se vangloria de ter um pensamento filosófico ateu e materialista, senão em um idealismo ultrarracional. Até bem ensinam os teósofos que não existe religião superior a verdade. Mas será que na religião não se pode encontrar a verdade? Outra questão que fica é que existe tamanha opção que seria contraditório falar que meramente a busca da cura e do milagre que levam a religião, ou que esta seria apenas algo psicológico. Mesmo porque há resultado e os místicos comprovam um lado incrível de suas religiões. E isso vai bem além do mero dogma, bem como lança uma ética superior. E esses são éticos sim. Um Gandhi, uma Santa Tereza, São Francisco e tantos outros. Isso sem falar nos gurus verdadeiros do oriente. Para o povo diz muito mais uma