Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Panlogia como realização de desejos

Panlogia como realização de desejos A felicidade das pessoas está em realizarem desejos. Uns por relacionamentos, outros por beleza, outros por dinheiro e assim por diante. Fato é que isso quase nunca acontece por não serem compreendidas, ouvidas em seus pensamentos. Também a sua educação e uma série de barreiras, como moralismos e mesmo a falta de uma vontade firme e concentrada impedem essa realização. Falta se ver o conjunto, e se sensibilizar. O mais importante é sentir as coisas, mais que apenas dialogar com sua superficialidade. Panlogia mostra isso, que tudo é importante e que nem mesmo um soluço acontece na vida sem motivo. Não é o problema a espectativa ou ansiedade, mas sim a falta de persistência. Sabemos que grandes histórias de sucesso não se deram por sorte, mas sim por uma combinação de certo magnetismo com a repetição de atos, cujos fracassos não impediram de se continuar tentando. Então, se estou com fome procuro comida, e se estou ignorante, procuro conhecimento

Colecionadores de ilusões

COLECIONADORES DE ilUs ô Es Vejo a cada dia, as pessoas trilhando um caminho de ilusões, para assim se manterem felizes. Umas acham que tudo na vida delas é o marido ou esposa, outros que a sua crença já os salvou de todos os males, outros que seu dinheiro compra tudo, e uma infinitude de motivos absurdos. As pessoas assim procuram fora delas o motivo de sua existência, e não têm silêncio, não têm satisfação. Para tanto, colecionadores de ilusões se multiplicam, uns procurando ganhos de loteria, outros trabalhando ou estudando muito, e todos em busca de um tesouro que talvez esteja dentro deles, em seu Eu Interior. Antes cada um sabia a sua casta e o seu destino, e muitos eram os humildes e poucos os governantes ou poderosos. Hoje quase todos querem ter o poder, mas apenas poucos têm a capacidade ou o dom para a coisa. Outros procuram no relacionamento a salvação, quando seguidamente encontram frustrações por seus parceiros serem falsos ou ilusórios. Mas a ilusão está mais dent

Filosofia do amor - missão maior

Imagem
Filosofia do amor – missão maior Vejo que toda a paixão tem um sentido maior, além da mera beleza, atração, casamento e mesmo família. Claro que tudo isso é positivo, mas há de existir um motivo maior, que une essas almas já por diversas vidas, ou que na presente acaba por buscar um equilíbrio especial. Mesmo o simples desejo nos revela essa missão cumprida. O amor acaba por assim revelar esse segredo, oculto no véu da mera “química”. Somos muito mais do que química e matéria, e nosso sentido e destino deságua em objetivos mais nobres e altruístas do que “a minha felicidade”. Sonhamos com amor ou com alguém que partilhe nossos ideais. O casamento acaba por ser uma responsabilidade e os filhos já anunciam outro amor. Há sempre uma missão maior escondendo aquilo que entendemos o aqui e agora, e assim algo inconsciente é cumprido, revelando um sentido espiritual, infinitamente mais importante que satisfazer-se fisicamente ou ao ego. Mesmo o sofrimento pelo q

Panlogia como a verdade simbólica

Panlogia como a verdade simb ó lica Panlogia é a verdade. Mas a verdade é de cada um de acordo com seu grau de consciência e compreensão. Nem todos estão preparados para a verdade, então acaba por cada época revelar uma parcela dessa verdade. Por isso de ser o melhor caminho aproveitar todos os pensamentos, a fim d ter a visão do todo. Mas essa verdade é muitas vezes simbólica, porque o símbolo guarda significado não apenas para a mente consciente, mas também para a subconsciente. Esse símbolo é uma linguagem avançada, uma metalinguagem. Assim é a verdade, a qual compreendemos além dos pensamentos mais ordinários. E nisso há uma dimensão espiritual, pois não é apenas de paixões que constrói o homem sua sociedade. Mas também essa verdade está no corpo, em sinais e problemas, em beleza e tudo mais. Esquecemos que temos um livro aberto, que é o livro da natureza. E o Todo só pode ser representado por símbolos, em decorrência da mega extensão de sua verdade. Assim é Panlogia, algo