Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

FILOSOFIA DO AMOR - CORPO DE SENTIMENTOS

Imagem
FILOSOFIA DO AMOR - CORPO DE SENTIMENTOS   Os sentimentos têm origem material nos órgãos do corpo, como no rim, baço, coração, fígado etc. No cérebro há apenas a projeção desses sentimentos. Em conexão ao cérebro, esses fazem um intercâmbio que acaba em muitas funções, desde a proteção, o entusiasmo para viver, a sensibilidade em se colocar no lugar de outra pessoa e assim por diante. A tristeza, a alegria, a raiva, o medo etc, têm sua função, desde que em momento certo, em grau certo e não em excesso. Quanto à alegria, ainda é possível que seja benéfica em grande proporção, mas é raro alguém alegre demais. O equilíbrio é a chave da saúde. Esses sentimentos, quando em excesso provocam a doença, naquele intercâmbio que têm com a mente subconsciente, às vezes até consciente, de modo que os setores neuronais que se ligam a cada sentimento ou aos sentimentos, na verdade são uma reflexologia do corpo inteiro, em especial desses órgãos vitais. Uma frustração, por exemplo, pode de