Cultura

Cultura

A cultura e sua diversidade é o principal fator de desenvolvimento atual, e econômico. O turismo nos aguarda com uma explosão, haja vista as Olimpíadas e a Copa do Mundo, e o Brasil é bem visto no cenário mundial. Com o fim das grandes guerras mundiais, a criação da UNESCO fez com que a todo o custo da cultivasse a cultura da diversidade. Por antes existirem doutrinas raciais e intolerantes. Hoje o novo cerne econômico é essa diversidade, a exemplo de milionária rede social e site de pesquisa.
                    Nesse novo paradigma de rede, todos são importantes. E é mesmo a diferença que atrai na cultura, o novo que se une ao antigo, a identidade cultural que supera a indústria cultural internacional, ligada a marcas e empresas famosas. O centro do mundo é onde moramos, no município, que agora é um município globalizado. Somos nós que diremos o que é cultura, quais são as expressões culturais.
                    A cultura se diferencia de erudição acadêmica e de sabedoria, como falei em meu livro axiologia. Claro que a cultura hoje é tão ampla que acaba virando gênero e as outras foram apenas espécies. Com oi objetivo da paz, na esteira da obra de Kant, chamada Paz Perpétua, devemos compreender o mundo com outro enfoque, mais cooperativo e democrático. A cultura é um motor econômico que dará a independência e terá papel social fundamental, retirando jovens das drogas e reduzindo a fome mundial.
                    Também a Diversidade Cultural, além de ser o maior valor atual, faz parte da noção de sustentabilidade, juntamente com social, ambiental e econômica. Vemos que tanto o que é antigo é contemplado, com mestres em certas artes manuais que são apoiados, bem como a mistura entre folclores e artes étnicas diversas, o resgate dos índios e uma verdadeira identidade cultural latino americana ou brasileira, que não é européia, nem norteamericana.
                    O que existe não é a falta de apoio público do Estado aos artistas, mas a falta de compreender-se a burocracia para ter acesso a esses financiamentos. Há grupo de teatro que convidado a apresentar-se no exterior, aqui de Jaraguá, que conseguiu junto a governo apoio, via fundo específico que apoia isso. Temos aqui a lei de incentivo a cultura e os editais, apesar de isso não garantir a continuação do trabalho, tendo começo, meio e fim.
                    Várias manifestações culturais ocorrem em nosso município. Vemos a centenária banda Treml, que temos a honra de possuir amigo nosso como integrante, Luciano César Dias, e temos ainda grupos folclóricos, entalhadores de madeira, fabricantes artesanais e uma infinidade de talentos. São Bento do Sul além de ser cidade da musica e folclore, é também a cidade dos talentos e dos perfeccionistas. Temos uma arquitetura invejável, com um dos maiores números de imóveis germânicos tombados.  
            A identidade cultural não pode ser perdida, contudo. Temos algo que é único no Brasil, a nossa retreta. Temos corais que cantam de modo singular, onde não se vê em nenhum lugar do país ou do mundo. Temos uma riqueza que deve ser mais divulgada, e superando as distâncias, principalmente econômicas e raciais, uma vez que viemos de uma cultura tradicional.
            Participei do Plano Municipal de Cultura, onde discutimos as metas para cultura, e assim de acordo com uma forma de aperfeiçoar nosso turismo, as interações culturais, cumprindo esse novo paradigma internacional, que é aparecer para o mundo, divulgar o que somos e fazer do município um agente globalizado. Uma das barreiras é a falta de união entr4e artistas, e mesmo o tradicional que fecha o acesso. A proposta é unir diferentes expressões culturais, usar de tecnologias de nosso tempo, bem como preservar o antigo, a exemplo do que já temos em nossa cultura local, mas ampliando isso em divulgação global.

(Excerto de programa de rádio Filosofia é liberdade, que vai ao ar 21:40 na Rádio Liberdade, apresentado junto a Cléverson Israel Minikovsky)


Comentários

  1. Cultura é esse negócio que a gente produz por intermédio da consciência que é ao mesmo tempo memória, reprodução e criatividade. Parabéns pelo texto. CLÉVERSON ISRAEL MINIKOVSKY

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Medicina Oculta – Comportamentos que geram doenças

Por que às vezes nos achamos feios?

Paradoxos e mentiras do nosso tempo