Sucesso é boa vibração

$ucesso é boa vibração





            Hoje observei o mundo e estive a pensar agora que cai o vestido branco da noite: será que os segredos do sucesso são tão escondidos quanto muitos pensam? Acredito que não seja tão complicado. Parece que em algumas palavras já se pode dar um primeiro passo a verdade nesse sentido, como na liderança, na simpatia, na alegria, na calma, na confiança, na paz interior, na sintonia com a família, no laço com mundo espiritual. Vejo que cada uma dessas palavras em diferentes aspectos pode ser útil a quem reclama de sua vida e procura mudar, seja para conquistar o que for e ter algum sucesso.
         Antes vou fazer uma recordação. Na minha filosofia sempre achei o centro do humano que este encontrasse a sua verdadeira natureza, que nada mais é que o que se fala popularmente de fazer-se o que gosta, ser a pessoa que é, ter talento, ser fenômeno, gênio etc. Isso nada tem a ver com um Q.I. alto, nem com beleza, nem com dinheiro que vem da família, nem com posses, nem com uma fraternidade iniciática etc. Um mecânico ou um pedreiro podem ganhar muito dinheiro, sem nunca terem entrado na universidade, contrariando todas as expectativas sociais de que somente quem estuda melhora de vida. Isso se pode encontrar exemplos facilmente. Há quem tenha seu curso superior e invente outra coisa para fazer na vida, como um comércio, trabalhar como empregado, buscar um cargo público etc. O que leva a pessoa ao dinheiro é uma energia, e essa energia nada tem a ver com o mero estudo, mas sim com o que o Cósmico, o que Deus reserva a essa pessoa, seja esta formada, não formada, ou mesmo em outra atividade, que nem é muito considerada como trabalho, como a dança, voluntariado ou a de artista.
         Mas sucesso é boa vibração. A pessoa especial sorri e se encontra perfeitamente encaixada naquilo que foi o seu destino, ou o plano do Cósmico, sua missão. Ela não escolheu isso por uma moda, nem porque dá dinheiro. Apenas aconteceu, e deu dinheiro. Um cliente meu foi a bancarrota com um provedor de internet, já um amigo dele segundo o mesmo diz, tem mais de 40 provedores! Ambos começaram com as mesmas dificuldades, mas apenas um chegou ao sucesso. Daí que a vibração era sim diferente, que os sócios eram melhores e assim por diante. No comércio, restaurantes, pastelarias etc, não é difícil  ver que um vai para frente, outro não vai. Também saber lidar com o dinheiro conta muito, ter noções de economia. Há quem ganhe mais de 5000 reais em cargo público e se afunde em dívida, e ouvi falar de uma pessoa de outra cidade nessa situação. Não basta ter apenas o cargo público para encontrar todas as salvações da vida, pois há toda uma complexidade, a vida tem muitas variantes, a saúde importa, outras coisas. Uma Promotora de Justiça em cidade vizinha se suicidou: não tinha ela todo o sonho do nosso tempo, o tal cargo público e bom salário?
         Vemos assim que o dinheiro é apenas parte do ideal humano. O amor é muito mais importante, a relação consigo mesmo e com os outros. Relacionamentos, alegria, saúde. Volto assim as palavras que citei no começo dessa crônica. Ainda com boa vibração, pois há quem tenha muito relacionamento, uma família numerosa e se veja sempre enraivecido, sem paz interior, triste. Uma pessoa que não está em paz com a família vai mal nos negócios, como já relatou Seicho Taniguchi. Toda a empresa de alguém que esteja desequilibrado é contaminada com sua vibração, e se for ruim, leva ao fracasso geral. Não é apenas uma questão de “semelhantes se atraem”, mas uma lei hermética, uma lei cósmica. Não vemos empresários de sucesso em áreas já inflacionadas no mercado? É que eles superaram as dificuldades, mantiveram qualidade, não agiram com má-fé. Não se pode enganar Aquele que tudo vê.
         Assim, a boa vibração não é apenas entrar em uma igreja fim de semana e no  resto dos dias desejar matar as pessoas, ludibriar, enganar etc. Tem de ser confiável sempre, até nas pequenas coisas, nem uma moeda tem de ser fruto de vantagem indevida. E um lugar tem de ser feliz, eu se tivesse uma empresa a chamaria de “Centro de Alegria”, algo bem diferente. Um lugar onde se encontrasse um motivo existencial e não apenas de mera fonte de renda. Não foi quase isso quando ao procurar mão de obra, no passado, muitas criaram seus grêmios recreativos, suas muitas vantagens a empregados? Assim os empregados não procuravam a Vara do Trabalho, apenas negociavam e confiavam em seus patrões, e a empresa se mantinha. Mas era um tempo de mais confiança, concordo. Pela carga tributária está difícil de se ter um negócio nos dias atuais. Vantagem ainda seja ser empreendedor individual. Mas a boa vibração influi nas moléculas de água, influi no ser humano que é 70% dessa substância. Também nos relacionamentos, para que alguém nos dê crédito é antes necessário gerar confiança, isso vale mais para a família e amigos. E quando buscamos o paraíso estamos encontrando aos poucos, uma vez que a natureza não dá saldos (muitos longos...). Desse modo, o sucesso é algo que depende de mais coisas que mero dinheiro, uma vez que deve haver harmonia e amor, para que esse paraíso que está vindo aos poucos não seja apenas um comercial de TV ou Internet como os outros paraísos falsos que vemos por aí.

Comentários

  1. O sucesso depende ded contexto. Quando meu pai tinha a minha idade já possuía um pé de meia. Eu ainda não comecei a ganhar dinheiro. Quem muito estuda não tem tempo de ganhar dinheiro. Estamos fazendo tudo a longuíssimo prazo. Todas as pessoas estão tendo as mesmas idéias na consecução dos seus objetivos e é por isso que uma atrapalha a outra. CLÉVERSON ISRAEL MINIKOVSKY

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Medicina Oculta – Comportamentos que geram doenças

Por que às vezes nos achamos feios?

Paradoxos e mentiras do nosso tempo